2016 Magic Quadrant for Business Intelligence e Analytics Platforms Report - Tableau

2016 Magic Quadrant for Business Intelligence e Analytics Platforms Report - Tableau



































A Tableau, neste mercado altamente competitivo de busca pela descoberta de dados, oferece produtos altamente interativos e intuitivos. Seus produtos permitem que os usuários corporativos de negócio facilmente preparem e analisem seus dados sem a necessidade de codificação.

Desde sua criação o Tableau mantém-se intensamente focado na melhoria da experiência no fluxo de trabalho analítico dos usuários. Devido a facilidade de uso, ser o seu principal objetivo e foco de grande parte dos seus esforços de desenvolvimento do produto.

A filosofia da Tableau tem sido comprovada ao atrair compradores - usuários corporativos de negócio -  que lhe tem servido como base para sua estratégia land-and-expand que tem fomentado seu crescimento impressionante e perturbação o mercado de Business Intelligence e Analytics Platforms Report.

Tableau é um dos três fornecedores posicionados no 4º Quadrante do 2016 Magic QuadrantApesar do aumento da pressão em 2015 a partir de um número crescente de concorrentes, o Tableau continuou a executar e a expandir-se em organizações, conquistando novos negócios com liquidez suficiente para manter sua taxa de crescimento.

Os esforços da Tableau para construir a consciência do produto e ganhar mind share global têm contribuído em sua abrangência de visão, além de maior enfoque na preparação de dados inteligentes - smart data preparation e smart data discovery.

PONTOS FORTES

Tableau continua a executar melhor do que qualquer fornecedor do mercado de BI seu modelo de vendas extremamente bem realizado de land-and-expand e seus resultados têm aumentado dramaticamente, muitos dos quais iniciados em implementações de desktops pequenos que cresceram organicamente ao longo do tempo dentro das organizações. O Tableau tem a terceira maior média de implantação entre os fornecedores incluídos neste 2016 Magic Quadrant.

O ponto fucral do Tableau é sua versatilidade, tanto em termos de opções de implantação tanto local quanto em toda a nuvem. Outro aspecto, existem diversas implantações de Tableau como apoio de provisionamento de BI centralizado como análises descentralizadas. Algumas organizações preferem usar Tableau para capacitar equipes centralizadas para a provisão de conteúdo para consumidores de forma ágil e interativa, ao passo que outros adotam mais de uma abordagem hands-off, permitindo análises totalmente descentralizadas dos usuários corporativos de negócioEm resposta as melhores práticas de encontrar um equilíbrio entre a estabilidade e a consistência que vem com a centralização e a agilidade oferecida pela descentralização o Tableau continua a promover sua metodologia Drive, que contribui para a elevada percentagem de casos citados em sua pesquisa de referências.

O foco em fazer seus clientes ter sucesso é evidente por sua classificação no topo geral. O Tableau oferece uma vasta gama de opções de aprendizagem - incluindo tutoriais on-line, webinars e treinamento prático em sala de aula - para educar e capacitar seus usuários aumentou o número de cursos qualificados em Tableau disponíveis no mercado. Ampliou a participação em conferências de usuários, a qual superou 10.000 pessoas em 2015, quase o dobro da frequência em 2014 e um aumento superior a 50 vezes os 187 participantes na sua conferência de usuário inaugural de 2008. Além de permitir acesso direto a seus clientes, Tableau construiu uma aliança extensa com uma rede de parceiros com experiência em suas implementações.

A principal força do core do produto Tableau continua a ser sua variada gama de conectividade em fontes de dados, que está em constante expansão, bem como suas capacidades de visualização e exploração interativa. Esta combinação proporciona ajudar as pessoas não somente a verem, mas compreenderem seus dados, permitindo um rápido acesso a qualquer fonte de dados que usuários não técnicos possam começar imediatamente a interagir com o Tableau - através de uma interface visual intuitiva - fazendo e respondendo perguntas, descobrindo novos insights.

PRECAUÇÕES

Ao passo que a expansão vertiginosa continua a ser um grande diferencial do Tableau, seus preços combos precisam ser fortemente examinados porque grandes atualizações e compras efetuadas por TI acabam esbarrando em limitações para a ampliação de licenças. Quando muitos dos clientes pesquisados foram questionados sobre o motivo de não ampliarem a aquisição na implantação corporativa, 44% das referências da pesquisa citaram o custo com o software da Tableau como uma barreira impeditiva, além da atual preocupação com custos e investimentos e a oferta de outros operadores com preços mais competitivos - Associado a relutância da Tableau em reavaliar e responder com um modelo mais atraente de preços. Tais aspectos certamente cooperam para a queda de sua posição no que tange a sua capacidade em comparação com o ano anterior, onde o Tableau suplantou drasticamente a competição.
A Tableau está experimentando as dores que um crescimento rápido trazem a qualquer empresa. Seus vendedores têm lutado para atender às demandas de suporte em implementações mais complexas. Alguns compradores tem encontrado limitações de software quando tentam escalonar a solução para todos os níveis da corporação.
Algo no produto certamente pode ser feito quanto a complexidade das análises. Isso certamente pode diminuir o entusiamo do cliente.
Apesar dos esforços para melhorar sua capacidade de preparação de dados na versão 9, Tableau ainda tem algumas deficiências na área de integração com certas fontes de dados. O Tableau oferece suporte a uma variada gama de opções de conectividade - Relacional, Processamento Analítico Online (OLAP), Hadoop, NoSQL e fontes em nuvem - mas oferece pouco suporte quando se trata de integrar combinações dessas fontes, em preparação para análise. A fim de compensar esta fraqueza, um número crescente de clientes Tableau voltaram-se para fornecedores especializados na preparação de dados de auto-atendimento que oferecem a opção de saída para o formato TDE - Tableau data extract - nativo do TableauEsta é uma preocupação para o Tableau, pois cria a necessidade de que sua solução seja implementada com outra ferramenta - o que amplia as preocupações com a mudança de preparação de dados, pois um produto separado poderia potencialmente marginalizá-lo, mantendo um aspecto de front-end viewertornando-o cada vez mais um produto comoditizado, mais difícil de diferenciar-se.


Veja e analise o 2016 Magic Quadrant for Business Intelligence e Analytics Platforms Report completo nos artigos abaixo:



brazilsalesforceeffectiveness@gmail.com






✔ Brazil SFE®
Author´s Profile

 Google+

 Author´s Professional Profile

 Pinterest

 Author´s Tweets

2016 Magic Quadrant for Business Intelligence e Analytics Platforms Report - Parte 04 - Eventos em Tempo Real

2016 Magic Quadrant for Business Intelligence e Analytics Platforms Report - Parte 04 - Eventos em Tempo Real



































Fonte: Gartner (Fevereiro de 2016)

A necessidade das organizações integrarem e obterem domínio sobre um número cada vez maior de fontes de dados Multi-Estruturados - Multi-Structured Data -  conduzirá a inovação na preparação de informações de auto-serviço inteligentes e a descoberta de Dados Inteligentes.

Cada vez mais as organizações exigirão recursos de software sofisticados que automatizem a gestão, inferência, enriquecimento e a criação de pesquisas índices ao acesso de novas fontes de dados.

Esforços manuais para executarem essas tarefas não serão dimensionados para coincidir com o aumento da variedade de dados e suas complexidades, o que continuará a aumentar exponencialmente ao longo do tempo. Dessa forma, a automação na descoberta de padrões e descoberta de insights será necessária, a fim de dimensionar o Business Intelligence e Analytics Platforms Report, expandindo o alcance dos insights analíticos acionáveis ​​para uma gama mais diversificada de usuários.

A descoberta de dados com base numa pesquisa habilitada por consulta de linguagem natural ampliará o alcance das análises para ainda mais usuários. Assim as plataformas de Business Intelligence e Analytics Platforms Report apoiarão cada vez mais as consultas de linguagem natural, propiciando que usuários não técnicos analisem dados por meio de perguntas em forma de conversação. Assim os novos usuários serão mais propensos a se envolverem com as análises de alavancagem.


Marketplaces expandirão e amadurecerão, criando novas oportunidades para as organizações comprarem e venderem capacidades analíticas. A disponibilidade de um mercado ativo, onde compradores e vendedores convergem para a troca de aplicações analíticas, fontes de dados agregadas, visualizações personalizadas e algoritmos naturalmente gerarão um aumento no interesse pelo Business Intelligence e Analytics Platforms Report, alimentando seu crescimento futuro.


Sim, um mercado estabelecido também oferece aos fornecedores de BI um novo canal - onde as soluções construídas sobre suas plataformas podem ser vendidas em suas redes de canais de clientes ou parceiros. As principais beneficiárias de um mercado maduro serão as organizações de usuários finais, que terão acesso a uma vasta gama praticamente ilimitada de recursos que poderão ser aproveitados em suas próprias soluções e processos internamente desenvolvidos.

Certamente as organizações apoiarão eventos em tempo real, capturando dados de streaming apoiados à Internet das Coisas - IoT. Para isso, terão de fazer novos investimentos em produtos projetados para lidar com estes tipos de dados. Sim,
precisarão se preparar para o volume de dados gerados por dispositivos, sensores e pessoas deste mundo conectado.

Todos os fornecedores que desejarem manter-se competitivos no mercado de Business Intelligence e Analytics Platforms Report terão de investir em capacidades semelhantes, a fim de oferecerem aos compradores uma única plataforma que combine eventos em tempo real e dados de fluxo contínuo com outros tipos de dados de origem, desenvolvendo uma nova geração de alto impacto de aplicações analíticas que aproveitem o poder de tempo real e percepção acionável.



brazilsalesforceeffectiveness@gmail.com







✔ Brazil SFE®
Author´s Profile

 Google+

 Author´s Professional Profile

 Pinterest

 Author´s Tweets

2016 Magic Quadrant for Business Intelligence e Analytics Platforms Report - Parte 03 - Dados Inteligentes

2016 Magic Quadrant for Business Intelligence e Analytics Platforms Report - Parte 03 - Dados Inteligentes




































Fonte: Gartner (Fevereiro de 2016)

A familiaridade com o mercado e a adoção da descoberta de Dados Inteligentes estenderá a descoberta de informações relevantes para uma ampla gama de usuários, aumentando o alcance e o impacto destas. Essa capacidade emergente facilitará a descoberta de padrões ocultos em complexos e grandes conjuntos de dados, cada vez mais multi-estruturados - Multi-Structured Data - sem a construção de modelos, escrita de algoritmos ou consultas.

A utilização destes novos recursos na pesquisa de dados vão além da descoberta de dados. Usuários Corporativos de Negócio e Analistas de Negócio beneficiam-se diretamente por conseguirem:
- Destacar e visualizar descobertas relevantes, 
- Criar e perceber correlações,
- Definir clusters, 
- Finalizar previsões, 
- Detectar e expurgar outliers - anomalias, 
- Perceber ligações, 
- Prospectar tendências.
Estas novas e ampliadas perspectivas são relevantes para as contínuas interações do usuário à consultas de linguagem natural, executadas via a exploração de visualizações interativas de pesquisas tecnológicas.

Algumas ferramentas interpretarão os resultados para o usuário gerando uma linguagem natural de texto que destacará padrões, destacando importantes insights, o que reduzirá o tempo de visão e os conhecimentos necessários para a exploração manual de dados e modelagens.

É importante destacarmos que a descoberta de Dados Inteligentes não substitui análises avançadas ou o cientista de dados, antes complementa-os adicionando uma classe de analistas de dados que podem desenvolver hipóteses a serem exploradas com maiores detalhes e sendo validadas a posteriori pelo cientista de dados.














2016 Magic Quadrant for Business Intelligence e Analytics Platforms Report - Parte 02 - A Governança de TI

2016 Magic Quadrant for Business Intelligence e Analytics Platforms Report - Parte 02 - A Governança de TI




































Fonte: Gartner (Fevereiro de 2016)

Anteriormente, quando ocorria qualquer novidade no mercado de Business Intelligence e Analytics Platforms Report, os usuários corporativos de negócio sentiam-se motivados a contornar TI e autonomamente comprarem e começarem a usar qualquer produto que atendesse as lacunas do seu programa de BI Corporativo.

Essa prática ao longo do tempo, ao passo que as implementações vêm crescendo - tanto em termos de número de usuários, como na complexidade dos casos - os usuários corporativos de negócio (perdidos) decidiam re-envolver TI para colaborar no desenvolvimento de processos ágeis que estendessem suporte aos requisitos de auto-serviço, com controles apropriados para garantir o uso adequado e responsável das soluções mirabolantes que haviam buscado. Essa prática assertiva, mesmo que tardia, oferece uma alternativa ágil e coesa às abordagens tradicionais que carecem de agilidade e não suportam o desenvolvimento de colaboração entre TI e os usuários corporativos de negócio.

Se estiver no mercado a algum tempo, sabe que a situação descrita acima é totalmente consistente com o pêndulo que ocorre em vários pontos deste mercado - em que a experimentação do usuário final tenha, eventualmente, voltado-se para o extremo oposto de um controle de TI centralizado. A necessidade de governança sobre o universo em rápida expansão de conteúdo de negócios gerado pelo usuário é agora balanceado, trazendo o pêndulo de volta para o meio-termo mais colaborativo.













Vitrine

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...